GrandaMambo Music

Christopher Maurice Brown

Christopher Maurice Brown é um cantor, compositor, dançarino e ator americano. Tendo muito jovem assinado com a Jive Records em 2004, Brown lançou seu primeiro álbum de estúdio de auto-título no ano seguinte, que se tornou certificado como platina dupla pela RIAA.

Com seu primeiro single “Run It!” chegando ao topo da Billboard Hot 100, Brown se tornou o primeiro artista masculino desde 1997 a ter seu primeiro single no topo da parada. Seu segundo álbum, Exclusive (2007), gerou seu segundo número 100 na Billboard Hot 100, “Kiss Kiss”. Além de seu sucesso comercial solo, Brown participou de vários singles de sucesso, como “No Air”, um dueto com o cantor Jordin Sparks, “Shortie Like Mine”, com o rapper Bow Wow e “Shawty Get Loose”, ao lado de Lil Mama e T-Pain. Em 2009, Brown recebeu atenção significativa da mídia depois de se declarar culpado de agressão por sua então namorada, a cantora Rihanna. Após o lançamento de seu terceiro álbum, Graffiti, no mesmo ano do incidente, o quarto álbum de Brown, F.A.M.E. (2011) se tornou o primeiro a chegar ao topo da Billboard 200 e ganhou o Grammy de Melhor Álbum de R&B. Seu quinto álbum Fortune, lançado em 2012, também liderou a Billboard 200. Após os lançamentos de X, Royalty e Heartbreak on a Full Moon, o nono álbum de estúdio de Brown Indigo (2019) se tornou seu terceiro álbum número um da Billboard 200.  Ele incluiu seu maior sucesso nos anos “No Guidance”, que chegou ao número cinco na Billboard Hot 100.

Brown já vendeu mais de 140 milhões de álbuns e singles em todo o mundo, fazendo dele um dos artistas de música mais vendidos do mundo. Ao longo de sua carreira, Brown ganhou vários prêmios, incluindo um Grammy, 15 BET Awards, quatro Billboard Music Awards e seis Soul Train Music Awards. De acordo com a Billboard, Brown tem a sétima maioria das entradas da Billboard Hot 100, com 93. Brown seguiu uma carreira de ator e sua vida pessoal foi divulgada. Em 2007, ele estreou no cinema em Stomp the Yard e apareceu como convidado na série de televisão The O.C. Outros filmes que Brown já apareceu incluem This Christmas (2007), Takers (2010), Think Like a Man (2012) e Battle of the Year (2013).

Chris Brown tem uma filha chamada Royalty Brown.

INÍCIO DE CARREIRA E INFLUÊNCIAS

Christopher Maurice Brown nasceu em 5 de maio de 1989, na pequena cidade de Tappahannock, Virgínia, filho de Joyce Hawkins, ex-diretora de creche, e Clinton Brown, agente de correções em uma prisão local. Ele tem uma irmã mais velha, Lytrell Bundy, que trabalha em um banco. A música sempre esteve presente na vida de Brown, começando em sua infância. Ele ouvia álbuns de soul que seus pais possuíam, e eventualmente começou a mostrar interesse no cenário do hip-hop.

Brown aprendeu a cantar e dançar em tenra idade e costuma citar Michael Jackson como inspiração. Ele começou a se apresentar no coral da igreja e em vários shows de talentos locais. Quando ele imitou uma apresentação de Usher em “My Way”, sua mãe reconheceu seu talento vocal e eles começaram a procurar a oportunidade de um contrato de gravação. Ao mesmo tempo, Brown estava passando por problemas pessoais. Seus pais se divorciaram, e o namorado de sua mãe o aterrorizou, sujeitando-a à violência doméstica.

Aos 13 anos, Brown foi descoberto pela Hitmission Records, uma equipe de produção local que visitou o posto de gasolina de seu pai enquanto procurava por novos talentos. Lamont Fleming, da Hitmission, forneceu treinamento por voz para Brown, e a equipe ajudou a organizar um pacote de demonstração e abordou contatos em Nova York para buscar um contrato de gravação. Tina Davis, executiva sênior de A&R da Def Jam Recordings, ficou impressionada quando Brown fez o teste em seu escritório em Nova York, e ela imediatamente o levou para conhecer o ex-presidente do Island Def Jam Music Group, Antonio “L.A.” Reid, que se ofereceu para contratá-lo naquele dia. “Eu sabia que Chris tinha um talento real”, diz Davis. “Eu sabia que queria fazer parte disso”.

Depois de assinar com a Jive Records em 2004, Brown começou a gravar seu auto-intitulado álbum de estúdio em fevereiro de 2005. Em maio, havia 50 músicas já gravadas, 14 das quais foram selecionadas para a lista final de faixas. O cantor trabalhou com vários produtores e compositores, Scott Storch, Cool & Dre e Jazze Pha entre eles – comentando que eles “realmente acreditavam nele”. Brown também fez alguma contribuição no álbum, recebendo créditos co-escritos de cinco faixas. “Eu escrevo sobre as coisas pelas quais as crianças de 16 anos passam todos os dias”, diz Brown. “Como se você tivesse problemas para levar sua garota para dentro de casa ou não pode dirigir, então rouba um carro ou algo assim”. O álbum inteiro levou menos de oito semanas para ser produzido.

Lançado em 29 de novembro de 2005, o auto-intitulado álbum de Chris Brown estreou no segundo lugar na Billboard 200, com vendas de 154.000 cópias na primeira semana. Chris Brown foi um relativo sucesso comercial com o tempo, vendendo mais de dois milhões de cópias nos Estados Unidos, onde foi certificado duas vezes platina pela RIAA, e três milhões de cópias em todo o mundo. O single principal do álbum, “Run It!”, Fez de Brown o primeiro ato masculino (desde Montell Jordan em 1995) a ter seu single de estréia para alcançar o topo da Billboard Hot 100, depois permanecendo por mais quatro semanas. Três dos outros singles – “Yo”, “Gimme That” e “Say Goodbye”, alcançaram o top 20 na mesma parada.

Claro, daí pra frente, foram Hits atrás de Hits, Álbuns atrás de álbuns de sucesso.

NEGÓCIOS

Em 2007, Brown fundou a gravadora CBE (Chris Brown Entertainment), sob a Interscope Records. Desde então, Brown contratou o colaborador frequente Kevin McCall, a cantora Sabrina Antoinette, a ex-integrante do RichGirl Sevyn Streeter, a cantora / compositora Joelle James e o grupo de rock U.G.L.Y.

Brown declarou que é dono de catorze restaurantes/franquias do Burger King. Em 2012, ele lançou uma linha de roupas chamada Black Pyramid, em colaboração com os fundadores da linha de roupas Pink + Dolphin.

DISCOGRAFIA

Chris Brown (2005)
Exclusive (2007)
Graffiti (2009)
F.A.M.E. (2011)
Fortune (2012)
X (2014)
Royalty (2015)
Heartbreak on a Full Moon (2017)
Indigo (2019)
Slime & B (2020)

Um Gênio da Música.

Comentários

Adicionar comentário



Siga-nos nas Redes Sociais

Já vais embora?

Siga-nos no Facebook e receba as novidades em primeira mão!!
close-link

ACOMPANHE AS NOVIDADES

close-link
emekciyiz.com mersin bayan escort diyarbakır escort elazığ escort hatay escort