GrandaMambo Music
Jay-Z Nas Beef

O que acontece quando dois Gigantes colidem?

Jay-Z e Nas tiveram um dos maiores e “melhores” beefs da história do Rap.

É simplemente impossível um “reino” ter “dois reis”, e esse era o estatuto de Jay-Z e NAS em Nova Yorque no início da década de 2000.

O desentendimento entre Jay-Z e Nas é meio complexo, mas vamos resumir e falar apenas do momento mais alto, que foi o perído de lançamento das músicas “TAKEOVER” e “ETHER”.

Em 2001, Jay-Z lançou a música “TAKEOVER”, produzida por Kanye West, e os alvos eram NAS e Prodigy.

No terceiro verso (que possui 32 barras, enquanto os outros versos têm 16), Jay Z ridiculariza a discografia de Nas (na época composta por quatro álbuns) e afirma que Nas tem um “um álbum quente a cada dez anos em média”.

Jay-Z se referiu a um sentimento generalizado de muitos críticos e artistas de hip hop de que os álbuns de Nas que vieram depois de “Illmatic” eram todos medíocres.

Jay Z usou algumas das frases de Nas para o refrão da famosa música de Jay Z, “Dead Presidents II”, e afirmou em “Takeover” que ele usou porque Nas estava usando errado (“Então sim, eu mostrei sua voz, você estava usando está errado / Você fez uma linha quente, eu fiz uma música quente “).

Jay Z também questiona a credibilidade de Nas nas ruas e afirma que Nas mentiu ou exagerou sobre seu passado nas músicas, com as seguintes frases: “Nigga, você não vive isso que testemunhou no teu blocka / Rabiscou em seu bloco de notas e criou sua vida / Eu mostrei a você seu primeiro tec, em turnê com o Large Professor (Eu! É quem!).

Jay Z também ridiculariza o estilo, o flow e as decisões de carreira de Nas, com letras como “Nigga, melhore teu flow, sua [email protected] é lixo / O que você está tentando lançar conhecimento? (Saia daqui)”.

A música começou uma das maiores e mais badaladas rivalidades do hip hop, e a música foi geralmente bem recebida pelos fãs, e por acaso é uma música muito boa, continuando…

Na época, muitos fãs de hip hop sentiram que essa música poderia ter potencialmente encerrado a carreira de Nas.

Pelo contrário, a faixa serviu apenas para revigorar a carreira de Nas enquanto ele respondia a “Takeover” com uma faixa diss de sua autoria, intitulada “Ether”.

Ether foi a resposta ao TAKEOVER, produzida por Ron Browz, e lançada em 2001, no dia de aniversário do Jay-Z! (Pow Pow).

Ether tem sido chamado de faixa diss “clássica” e a “mais louca” da história do hip hop pelas publicações musicais.

Nas responde às alegações de Jay fazendo rap: “Eu entendi isso, bloqueado desde Nine-One (1991), sou o mais verdadeiro / nomeie um rapper que não influenciei”.

A música contém inúmeras insultos dirigidos a Jay-Z: “Quando essas ruas continuam chamando, ouvi quando eu estava dormindo / Que este Gay-Z e a Cock-A-Fella Records queriam Beef”, “Então você teve a coragem de dizer que você é melhor que os lábios grandes / que chupam pau, por que você não deixa o veterano falecido “,” Você é um bicha ridículo, adora a atenção / os niggas do Queens dirigem seus niggas, pergunte a Russell Simmons ” e “Juntem-se / eu rock hos; vocês rock guys”.

Nas também ataca o crédito de rua de Jay-Z, alegando: “Em 88, você foi perseguido por seu prédio / chamando meu berço, e eu nem te dou meus números / tudo o que fiz foi lhe dar um estilo para você correr.

“Ele também acusa Jay-Z de se vender: “Vocês manos lidam com emoções como cadelas / O que é triste é que eu te amo porque você é meu irmão, você trocou sua alma por riquezas”.

“Ele não apenas critica o uso da influência de outros rappers para aumentar a fama, mas também menciona que Eminem o superou em sua música” Renegade “.

Finalmente, Nas insulta Jay-Z mordendo as letras de Big, alegando que Jay-Z roubou suas habilidades de rima de Biggie: “Quanto das rimas de Biggie sairam de seus lábios gordos?”.

A introdução de Ether começa com tiros de Who Shot Ya? Do Notorious B.I.G., imediatamente seguidos por uma voz aparafusada de 2Pac dizendo “Fuck Jay-Z”, originalmente tirada da música “Fuck Friendz”.

No final de “Ether”, Nas zomba do coro de “Takeover”, que Jay-Z canta “ROC, nós executamos essa merda de Rap” .

Em uma entrevista com This is 50, o Large Professor afirmou que a versão original de Ether foi produzida por Swizz Beatz e o conteúdo lírico contido na versão original era muito mais ofensivo, que até continha uma linha onde Nas canta: “Deveria ter sido você naquele acidente de avião “, referindo-se ao infame acidente de avião que causou a morte da cantora americana Aaliyah, que ocorreu no mesmo ano em que Stillmatic foi lançado e durante o período em que a disputa entre Jay-Z vs Nas começou.

Todavia, rivalidade entre Jay-Z e Nas foi benéfica para as carreiras de ambos.

Stillmatic e “Ether” marcaram o ressurgimento de Nas na cena hip hop dois anos depois de terem lançado Nastradamus, considerado por muitos fãs e críticos como o álbum mais fraco de sua discografia.

Muitos fãs ainda creditam a disputa por ressuscitar a carreira de Nas, embora ele não tenha alcançado o sucesso comercial de It Was Written or I Am …, seu trabalho desde Stillmatic foi mais bem recebido pela crítica.

A batalha também impulsionou a carreira de Jay-Z, dando-lhe muita notoriedade por ter a coragem de atacar um rapper respeitado como Nas.

Obviamente houve mais respostas e respostas, durante anos até quando se chegou a reconciliação completa, com o lançamento da música “Black Republican” de Nas com participação de Jay-Z em 2006.

Gostou? Partilha com os teus amigos para mais artigos como esse.

Comentários

Adicionar comentário



Siga-nos nas Redes Sociais

Já vais embora?

Siga-nos no Facebook e receba as novidades em primeira mão!!
close-link

ACOMPANHE AS NOVIDADES

close-link