Sábado, Julho 2, 2022

As diferenças entre Beatmaker e Produtor Musical

Recomendado
GM Teamhttps://grandamambo.com
Grandamambo é um Portal que centra o seu conteúdo na Promoção, Informação e Educação Musical, Cultural e Artística.

O mundo da música, como todo negócio, tem várias partes móveis que trabalham juntas para criar um determinado produto.

Atrás de cada componente de uma música há uma pessoa que tem um conjunto especial de habilidades.

Algumas dessas habilidades vêm naturalmente, como aquelas que são fabricantes de sucesso, e outras habilidades são aprendidas através de educação extensiva, como os produtores musicais.

Alguns beatmakers sentem-se como produtores musicais, enquanto quem já é produtor musical sabe a real DIFERENÇA entre ambos.

1. O que é um beatmaker?

Normalmente, é a pessoa que faz e vende instrumentais a um artista antes que as idéias, letras, arranjos, etc. sejam feitos.

Essa pessoa geralmente não tem influência sobre o término do projecto.

2. O que é um produtor musical?

Um produtor é a pessoa que decide a direcção do projecto.

Ele pega o instrumental e a ajuda a evoluir para uma música.

Eles ficam lá no estúdio e têm voz activa nos arranjos e tons.

Às vezes, um beatmaker está envolvido na produção da música, dependendo do seu nível de envolvimento na mesma.

3. A Educação

Uma diferença distinta entre um beatmaker e um produtor musical é o nível de educação.

Embora ambos sejam, sem dúvida, artistas maravilhosos, o nível de educação especializada necessária para ser um beatmaker é quase zero.

O que isto significa?

Significa que, com o software certo, e com algumas bases, qualquer um pode fazer beats.

No entanto, é preciso ter o nível certo de educação para ser um verdadeiro produtor musical.

4. A carga de trabalho

Enquanto o beatmaker pode gastar muito tempo criando, é apenas uma camada do produto final.

O produtor musical tem o trabalho de juntar essas camadas.

O produtor musical, no entanto, é mais provável que receba a maior parte do crédito pela música, já que são eles que juntam as camadas para criar o produto final.

Embora a diferença entre fazer o beat e produzir música seja muito evidente, ainda há beatmakers que insistem em ser chamados de produtores musicais.

Se o beatmaker é quem cria a batida e o produto final, eles têm o direito de serem chamados de produtores musicais.

No entanto, se eles não são os que criam o produto final, com todas as camadas distribuídas coesas como estão, então eles são, simplesmente, o beatmaker.

O maior erro que você pode cometer para um produtor musical legítimo é rebaixá-los, dizendo que eles são apenas um beatmaker.

5. As diferenças e semelhanças

O beatmaker é uma pessoa que faz “beats” ou instrumentais.

Eles também são compositores.

Eles usam amostras/samples para “tocar” muitos instrumentos diferentes.

Eles colocam sons para bateria, percussão, teclados e outros sons amostrados.

Claro que para fazer beats profissionais é preciso muita aprendizagem e prática para fazer isso muito bem.

Então, o que um produtor faz?

Bem, um produtor “produz” música.

Eles pegam componentes brutos e os juntam para criar música.

Isso poderia significar uma faixa de guitarra gravada por um talentoso guitarrista, adicionando uma faixa vocal, baterista, baixo, teclado ou uma banda inteira ou até mesmo uma orquestra.

Eles misturam, editam e combinam essas faixas para criar uma “canção” polida e acabada.

A confusão, porém, é que, em termos modernos, como alguém que está fazendo beats, você efetivamente também é um produtor.

O que significa para alguém produzir uma música então?

Bem, nesse papel de tradição mais antiquado, um produtor era o “herói desconhecido”.

Eles foram as pessoas que pegaram algumas ideias cruas e transformaram em um produto acabado polido que as pessoas queriam comprar.

Para muitos, a diferença entre um beatmaker e um produtor é realmente muito pequena.

Alguns produtores não são beatmakers, mas muitos beatmakers também se consideram produtores.

É um argumento em andamento que tem cada vez menos significado à medida que a música muda e se desenvolve.

Alguém poderia, é claro, fazer os dois trabalhos, mas eles não são a mesma coisa.

Numa entrevista na Hot97, DJ Khaled explica que um produtor, como líder de uma equipe de artistas, músicos e mais, cria e comercializa idéias / projectos musicais.

Reúne artistas e outros criativos musicais para um projecto, promove um artista e/ou música, e, mais importante, encontrar os recursos para fazer o projecto se concretizar.

Aqui estão alguns destaques da entrevista:

“Um produtor faz o trabalho e faz a música sair, vir à luz e 90% do processo criativo … Eu venho ao artista com uma ideia e eles adoram, e se eles amam isso, eles contribuem para e torná-lo dez vezes maior. Os produtores fazem o trabalho de conseguir um beatmaker com você lá, às vezes eu tenho que chamar um guitarrista, um tecladista, às vezes eu chamo um nigga que toca flauta. Diga-lhes, às vezes, o que tocar minha boca, Isso está produzindo, Isso está sendo tocado, Isso está escrevendo, Isso está colocando a obra-prima em conjunto, eu faço as músicas, eu encontro músicas, Eu coloco discos fora, nem todo mundo pode fazer esses três passos ” – DJ Khaled

6. Conclusão

Para concluir, um beatmaker é alguém que cria uma parte das camadas necessárias para criar um produto final (Música).

O beatmaker geralmente cria essas camadas e depois vende.

O produtor musical então pega essas camadas e adiciona mais camadas (vocais, instrumentos adicionais, sons adicionais, etc.).

Depois que o produtor musical termina de adicionar as camadas adicionais, ele produz o produto final, ou música, para ser lançado ao público.

Não guarde esse conhecimento valioso, comente e partilhe com seus amigos.

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Recentes

PAU DE CABINDA é o tão aguardado álbum do rapper MC Cabinda.

"PAU DE CABINDA" é o álbum de estreia a solo do popular rapper angolano FRANCIS MC CABINDA aka REI...
- Advertisement -spot_img

Veja Também

- Advertisement -spot_img
×