Quarta-feira, Dezembro 7, 2022

Entrevista com BOYZ A DRIP N OVER

Recomendado
GM Teamhttps://grandamambo.com
Grandamambo é um Portal que centra o seu conteúdo na Promoção, Informação e Educação Musical, Cultural e Artística.

1. O que é o “BOYZ A DRIP N OVER, quem são os membros e qual é a origem do nome”?

BOYZ A DRIP N OVER é um projecto colaborativo fundado aos 26 de Junho de 2021 pela label Versus Studios em que na qual contém artistas musicais independentes e artistas afiliados à gravadora. O projecto BANDO está constituído por 10 membros que são: CRS’BREEZY, JOSHUA DG, JÚLIO MORAIS, KOTA VD, MAURO BS, N J R, ORLANDO DREEZY, TSA, TXONOLÁ & VALADÃO. Bom, o nome BOYZ A DRIP N OVER vem do inglês simplificado que significa “GAROTOS DESLIZANDO POR CIMA”.

2. O que vos motiva a fazer música?

O que nos motiva fazer música é demonstrar ao mundo a essência do BANDO, pois queremos tornar essa mesma essência como um estilo de vida, fazendo boa arte e sermos vistos como uma fonte de inspiração para todos que gostam do nosso trabalho e também pela nossa forma de ser.

3. Para quem não conhece o vosso trabalho, podem chutar algumas das tuas músicas ou participações de referência dos vossos membros?

Como o projeto é novo, as referências musicais poderão ser as dos nossos artistas. Os nossos artistas têm músicas nos seus trabalhos a solo com artistas já conhecidos no mercado nacional como GodGilas (TRX Music), Fábio Freitas (Young Family), Samuel Clássico (Pirline), e mais alguns projectos com números de streamings consideráveis e também bem recebidos pelo público.

4. Falem-nos sobre o processo de escrita, construção e produção da música “MUÇULMANO”?

Falando da música MUÇULMANO, o processo de criação foi no aniversário de uns dos membros do BANDO. No início, só tínhamos o refrão com as vozes do BS & DG. Música gravada em Outubro, mas terminada somente em Dezembro com várias mudanças no processo de construção. Houve uma atuação que tivemos em Novembro, e conhecemos o DJ Lilas House e recebemos o convite por parte dele e a música passou a ser colaborativa com o mesmo a partir daquele momento. A produção foi feita pela Versus Studios (captação, mistura e masterização).

5. Os produtores musicais de extrema importância para se obter uma trabalho com qualidade, quais são os Produtores nacionais e internacionais que mais admiras?

Os produtores nacionais que admiramos podemos mencionar o Weezy Baby (dos MOBBERS), que já trabalhou connosco, também admiramos o Gaia Beat, e o Valadão (que faz parte também do BANDO como produtor). Internacionais gostamos de apreciar trabalhos do Ajaxx, Negalli, 808 Melo, Prodbyzel, entre outros.

6. Acompanham o Rap feito noutros países da CPLP? Caso sim. Que artistas é que vocês levam como referência / inspiração?

Como referências ou inspiração digamos que o projeto não tem, estamos a tentar ser referências para os demais artistas, mas os artistas que apreciamos são Força Suprema, Pop Smoke, Burna Boy, Migos, e outros.

7. Fazem parte de uma Label? Caso sim, fale um pouco sobre ela. Caso não, gostariam de fazer parte de uma?

Somos da Versus Studios, é uma estrutura criada por nós, no momento
só trabalhamos nós do “BANDO” e fazemos captações de outros artistas também mas que não pertencem a gravadora. Um conceito criado em 2017, mas esperamos que torne-se maior no mercado, e no futuro possa agenciar mais artistas.

8. Qual é o vosso auge a atingir como artistas/rappers?

O nosso auge é elevar o nosso trabalho e tentar tornar a nossa sonoridade, o mais rápido possível apreciada internacionalmente e levantar ainda mais a cultura angolana dentro do nosso estilo.

9. Quando não estão a fazer música, quais são as actividades que geralmente se dedicam?

Alguns membros trabalham, outros são estudantes, mas queremos tornar a música como uma fonte de rendimento futuramente, pois todos nós somos grandes apreciadores de música e não vemos ela como um simples “hobbie”, pois individualmente já estamos há um tempo longo no mercado musical.

10. O que que podemos esperar de vós no ano 2022?

Em 2022, o mercado angolano e internacional poderá esperar de nós um monte de sonoridades que poderão revolucionar a tendência da música urbana, pois no backstage possuímos mais de 30 músicas em processo de produção e com algumas participações de artistas com relevância no nosso mercado.

Ouça já a música MUÇULMANO, clicando nesse link.

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Recentes

Ouça e baixe já o tão aguardado projecto “INSIDE” de Shattz.

Com o lançamento de INSIDE, Shattz torna-se o primeiro artista Angolano a lançar um EP 100% SAD. "INSIDE" tem como...
- Advertisement -spot_img

Veja Também

- Advertisement -spot_img
×