Contactos

Luanda - Angola | Maputo - Moçambique

Entre em contacto.

Você já se perguntou porquê o 2Pac é tão influente??

Resumidamente, porque ele muito provavelmente serviu de influência pro gajo que influenciou o teu rapper favorito.

Heheheheh…Leia o texto inteiro, amigo (a).

Tupac Amaru Shakur, mais conhecido pelos seus nomes artísticos 2Pac, Makaveli ou apenas Pac, foi um rapper, ator e compositor estadunidense, considerado por muitos como um dos melhores e mais importantes rappers de todos os tempos.

Até 2010, ele já havia vendido pelo menos 75 milhões de cópias pelo mundo.

Além de ser músico, Tupac também foi ator e ativista social.

A maioria das suas músicas tratam sobre como crescer no meio da violência e da miséria nos guetos, sobre o racismo, os problemas da sociedade e os conflitos com os outros rappers.

O trabalho de Shakur é conhecido por defender a igualdade política, econômica, social e racial, 2Pac era um verdadeiro ativista´, e música era a sua forma de expressão.

Músicas como “CHANGES” até hoje é um Hino que clamação pela “mudança”, pelo tratamento justo e respeitoso aos mais necessitados, aos oprimidos da sociedade.

2Pac criou o movimento “Thug Life” que consistiu em criar paz entre os gangues e dar apoio aos sem abrigos, aos mais necessitados.

Até nos dias de hoje a Thug life mantém-se, sendo um dos legados deixado por Pac, apesar do conceito ser deturpado muitas vezes pela tradução literal da expressão “Thug Life”.

A expressão “Thug Life” geralmente também dada como uma representação de Vida de um Thug, que em inglês significa “Bandido”.

Thug Life também um grupo de hip hop americano que tinham como membros: 2Pac, Stretch, Big Syke, Mopreme, Macadoshis e The Rated R. Eles lançaram um álbum, “Thug Life: Volume 1” de 1994, antes de se separarem em 1995.

Antes de entrar para a carreira artística, 2Pac era um roadie e dançarino de hip hop alternativo.

Começou a fazer sucesso quando entrou para o grupo Digital Underground.

As letras de Pac sempre foram muito poéticas, uma beleza textual sempre acima da média, Pac foi um grande poeta, até hoje é um dos rappers considerados com mais vocabulário.

No início de sua carreira, ele foi atingido por cinco tiros e assaltado no corredor de um estúdio de gravação em Nova Iorque.

Após o acontecimento, Tupac começou a suspeitar que outras figuras da indústria do rap sabiam que aconteceria aquele incidente mas não avisaram Shakur, o que desencadeou a famosa rivalidade entre as Costas Leste e Oeste dos EUA.

Shakur tornou-se alvo de diversas ações judiciais e sofreu outros problemas legais, isso porque os assuntos que ele trazia nas suas músicas incomodavam o governo norte-americano, o estado procurava forma de “destruir a sua imagem”.

2Pac lançou seu álbum de estreia, 2Pacalypse Now em 1991.

O álbum permaneceu oculto por alguns anos e não foi lançado nenhum top ten hit.

Mais tarde, foi a vez de Strictly 4 My N.I.G.G.A.Z. ser lançado, em 1993.

Considerado seu primeiro álbum de sucesso, lançou dois hit singles, “I Get Around” com o Digital Underground e “Keep Ya Head Up”. O álbum e os singles levaram disco de ouro ainda no final de 1993.

Em março de 1995, seu terceiro álbum Me Against the World é lançado.

Lançado enquanto Tupac estava servindo pena na prisão por uma suposta agressão sexual a uma mulher, acontecimento que o Pac negou até o dia da sua morte.

O álbum também veio com o primeiro top ten hit de 2Pac, “Dear Mama”, que chegou ao número nove da Billboard Hot 100.

Após servir onze meses de sua sentença de um ano e meio a quatro anos e meio, Tupac foi liberado da prisão Attica Correctional Facility graças a ajuda de Suge Knight, CEO da Death Row Records, que pagou a fiança de 1.4 milhões em troca de 2Pac assinar um contrato de três álbuns sob a Death Row.

Após a sua libertação, Tupac voltou rapidamente a gravar músicas.

Ele fundou um novo grupo chamado Outlaw Immortallz.

Tupac chegou imediatamente ao estúdio de gravação para gravar seu primeiro álbum sob a Death Row.

A gravadora também rapidamente o rotulou como seu artista principal, ao lado de Snoop Doggy Dogg e Dr. Dre. Seu primeiro lançamento sob a gravadora, o single “California Love”, foi lançado no final de 1995.

Em 13 de fevereiro de 1996, Pac lança seu quarto álbum de estúdio, All Eyez on Me.

Um sucesso instantâneo, o álbum foi direto para o número um da Billboard 200 com 566.000 na primeira semana, trazendo os singles “How Do U Want It” e “California Love” para o topo das paradas em julho de 1996.

O disco foi uma partida geral dos assuntos de Me Against the World; enquanto aquele álbum era mais confessional e reflexivo, esse álbum era mais como uma celebração da vida, cheio de músicas dançantes que apresentavam uma mentalidade mais bandida (O que vende mais).

Em 7 de abril de 2017, Tupac Shakur foi incluído no Hall da Fama do Rock and Roll, se tornando o primeiro rapper solo a realizar tal feito e fazer parte dos então únicos artistas de Hip-Hop no Hall da Fama do Rock and Roll, junto com o N.W.A, Public Enemy, Run D.M.C. e Grandmaster Flash and the Furious Five.

Após a sua morte, o jornal americano The New York Times citou-o como “o maior rapper de todos os tempos”.

A revista online de rap AllHipHop realizou uma mesa redonda em 2007 onde, entre outros rappers de Nova York, Cormega, citando a experiência da turnê com a dupla de rap de Nova York Mobb Deep, deu uma ampla avaliação: “Biggie comandava Nova York. ‘Pac comandava a América.”

Em 2010, escrevendo a entrada da revista Rolling Stone sobre Tupac Shakur em #86 entre os “100 maiores artistas”, o rapper 50 Cent avaliou: “Todo rapper que cresceu nos anos 90 deve algo a Tupac.

Ele não parecia qualquer um que veio antes dele. “Dotdash, anteriormente About.com, embora o classifique em quinto lugar entre os maiores rappers, no entanto, observa:” Tupac Shakur é o artista de hip-hop mais influente de todos os tempos.

Mesmo na morte, 2Pac permanece uma figura transcendental do rap “.

No entanto, para alguns, ele era uma” figura paterna “que, disse o rapper YG,” faz você querer ser melhor – em todos os níveis. ”

De acordo com o jornalista musical Chuck Philips, o artista morto “ajudou a elevar o rap de uma moda de rua crua a uma forma de arte complexa, preparando o cenário para o atual fenômeno global do hip-hop.”

Philips escreve: “O assassinato silenciou alguém das vozes mais eloquentes da música moderna – um poeta do gueto cujas histórias de alienação urbana cativaram jovens de todas as raças e origens. ”

Via numerosos fãs percebendo-o, apesar da sua conduta questionável, como um mártir,” a redução do tamanho do martírio barateia seu uso “, concorda Michael Eric Dyson.

Mas Dyson acrescenta: “Algumas, ou mesmo a maioria, dessas críticas podem ser concedidas sem causar danos ao martírio de Tupac aos olhos daqueles que foram decepcionados pelos mártires mais tradicionais.”

Em 2020, a senadora californiana e candidata (e leita) à vice-presidência, Kamala Harris, chamou Shakur de “melhor rapper vivo”, um erro que ela explicou porque “as garotas da costa oeste pensam que 2Pac continua vivo”.

E se até agora ainda não entendes o porquê o 2Pac é tão influente, muitos anos depois da sua morte, epa, não há problema, a vida é tua.

Comentários do Facebook

Compartilhar: