Conheça os 5 produtores que elevaram os Afrobeats para outro nível.

Recomendado
GM Teamhttps://grandamambo.com
Grandamambo é um Portal que centra o seu conteúdo na Promoção, Informação e Educação Musical, Cultural e Artística.

Os Afrobeats se espalharam pelo mundo como uma tempestade e estão a dominar as paradas.

Mas esse artigo não é sobre os artistas, é sobre 5 produtores que elevaram os Afrobeats para outro nível.

Afrobeats é um termo abrangente para descrever a música popular da África Ocidental que inicialmente se desenvolveu na Nigéria e Gana nas décadas de 2000 e 2010.

Afrobeats é menos um estilo em si e mais um descritor para a fusão de sons que fluem na Nigéria e no Gana.

Gêneros como hiplife, jùjú music, highlife e naija beats, entre outros, foram fundidos sob o nome de “Afrobeats”.

Actualmente os Afrobeats são produzido principalmente em Lagos, Accra e Londres.

OS Afrobeats são mais identificáveis por seus ritmos de batida de bateria, sejam eles eletrônicos ou instrumentais.

Vou partilhar convosco uma lista de 5 produtores que ajudaram a levar o afrobeats a novos patamares.

Quando Drake entrou no “Ojuelegba Remix” de Wizkid em 2015, ele ajudou a elevar a florescente cena Afrobeats a alturas globais.

Com a prosperidade iminente do Afrobeats em sua mira, um ano depois Drake, talvez o artista mais oportunista do mundo, novamente buscou a ajuda de Wizkid para seu próprio single de inspiração afro “One Dance”,

Essa incursão no desconhecido valeu a pena para ele, pois “One Dance” explodiu em um dos singles de maior sucesso da era do streaming.

Assim, quase num piscar de olhos, o Afrobeats se tornou uma commodity global.

O surgimento de artistas como Burna Boy, Rema, Mr. Eazi e o sucesso contínuo de nomes como Wizkid e Davido impulsionaram o gênero globalmente.

O lançamento de The Lion King: The Gift, de Beyoncé, que apresentou quem é quem na cena Afrobeats, Mr Eazi, Wizkid, Yemi Alade, Burna Boy, Maleek Berry, Tiwa Savage, Shatta Wale, Tems e outros, são a prova do crescente interesse mundial em Afrobeats.

Ao longo dos anos, vários produtores estiveram consistentemente por trás de muitos de nossos sucessos favoritos.

1. Kiddominant

Demorou quase dois anos para “Fall” de Davido deixar sua marca em todo o mundo, mas quando o fez, rapidamente se tornou um portador da tocha para a expansão dos Afrobeats.

A música produzida por Kiddominant abriu caminho nos Estados Unidos e se tornou a canção pop nigeriana mais longa na história da Billboard, chegando ao número 13 na parada de R&B/Hip-Hop Airplay dos EUA.

Ele também subiu notavelmente para um dos 100 melhores singles com mais Shazam na América no início de 2019 e foi listado entre as 200 melhores músicas do Pitchfork na década de 2010.

Outros créditos de produção notáveis de Kiddominant incluem “Fela In Versace” de AKA, “Marry” de DJ Neptune (feat. Mr Eazi) e “Rihanna” de Orezi, bem como o mais recente hit de Chris Brown “Under The Influence”.

O camarada é enorme.

2. P2J

O produtor londrino P2J é talvez a exportação de produção de Afrobeats mais visível do continente.

O versátil nigeriano trabalhou com nomes como Doja Cat, Chris Brown, Stormzy, Mario, H.E.R e Tiwa Savage.

No álbum de Beyoncé, Lion King: The Gift, ele produziu indiscutivelmente as duas canções mais memoráveis, “Brown Skin Girl” e “Ja Ara E”.

Outros discos notáveis produzidos por P2J incluem “Easy” de Amine com Summer Walker, “Cool Me Down” de DJ Tunez com WizKid e “Smile” de Wizkid com HER, “Joke Ting” de Gold Link, “Anybody” de Burna Boy e muitos outros bangers por aí.

P2J é um dos produtores frequentes e mais usados pelo StarBoy aka Wiz Kid.

3. Kel P

African Giant é a obra prima de Burna Boy, não teria sido possível sem Kel P.

Produtor e co-autor de 10 das 19 canções do álbum, incluindo os singles de destaque “Pull Up”, “Killin Dem”, “Dangote”, ” On The Low” e “Gbona”, sua produção em African Giant forneceu uma tela suave na qual Burna Boy poderia mostrar seus imensos talentos.

Com várias certificações de ouro e platina em todo o mundo, o African Giant tem sido sem dúvida o projeto mais importante na expansão global contínua do Afrobeats.

Além de seu trabalho com Burna Boy, Kel P produziu para uma série de artistas africanos talentosos, como Niniola, Phyno, Wizkid, Solidstar, Ceeza Milli, Diamond Platnumz e Davido.

4. Guilty Beatz

O premiado DJ e produtor musical ganês, GuiltyBeatz está “on fire” desde que lançou seu single inovador, “Akwaaba”, com Mr Eazi, Patapaa e Pappy Kojo em 2018.

Depois de coletar vários prêmios, incluindo mais notavelmente Melhor Colaboração Africana e Canção de No ano seguinte no All Africa Music Awards 2018, ele co-produziu três canções de O Rei Leão: O Presente: “Already”, “Keys to The Kingdom” e “Find Your Way Back”.

Em seu EP de estreia, Different, GuiltyBeatz apresenta um ritmo mais acelerado do que as vibrações suaves e sensuais que se tornaram seu som característico.

Será interessante ver se o esparso mundo Afro-house que ele imagina em “Different” será um elemento básico em seu trabalho de produção daqui para frente.

5. LegenduryBeatz

Poucas músicas foram tão importantes para elevar o gênero Afrobeats quanto “Ojuelegba” de Wizkid.

A melodia comovente nesta produção padrão-ouro abriu o caminho para Wizkid fornecer um clássico espiritual e alegre sobre a vida dura nas ruas de Lagos.

Com a contribuição de Skepta e Drake no remix, a música foi aclamada pela crítica no Reino Unido, América do Norte e além.

Além de produzir várias canções de sucesso para Wizkid, a dupla de produção premiada, composta pelos irmãos Uzezi Oniko e Okiemute Oniko, também produziu para nomes como Mr Eazi, Seyi Shay, Ice Prince, L.A.X e Skales.

Menções Honrosas: E-Kelly, Sarz, Phelz, P.Prime, KDDO, Don Jazzy, Ckay, Tekno.

E já agora comente aí, a tua música Afrobeat favorita??

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Recentes

O rapper Deezy acaba de lançar a sua nova mixtape intitulada “Deezygual 3 – O Gaúcho” Hosted By Mizzy Miles.

O projecto de 9 faixas musicais conta com as presenças de Altifridi, Puto Mira, Principe Ouro Negro, Vado Más...
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Veja Também

- Advertisement -spot_img
×