Sábado, Julho 2, 2022

Entrevista com Sidjay

Recomendado

Este ano, o cantor de R&B angolano, Sidjay permitiu que sua Alma falasse e ecoou cantos que chegaram aos nossos ouvidos. O Portal Grandamambo foi ao seu encontro e através de uma conversa descontraída, conhecemos mais sobre esse cantor que não impõe limite a sua carreira, deixa a “Alma” falar e assim tem-se destacado no cenário do R&B e hip hop.

Acompanhe a entrevista!

GM: O grandamambo é um Portal dedicado ao conteúdo informativo, como Pesquisadores de música gostaríamos de levar mais informação sobre si aos nossos internautas pela qualidade e diferença musical que apresentas nos seus temas.

GM: Primeira questão certamente que é a curiosidade de muitos fãs. Qual é o seu nome de registro e onde nasceu o Sidjay?

Sidjay: Sidoni Monteiro, nasci em Luanda (Angola).

GM: Data de nascimento, Dia, mês e ano?.

Sidjay: 3 de setembro de 1995

GM: Como foi o seu primeiro contacto com a música, falo propriamente de ouvir, lembras quantos anos tinhas?

S: Desde que me conheço como gente, meus pais e meus irmãos mais velhos sempre foram ouvintes “compulsivos” de música e isso de certo forma me influenciou.

GM: Quando começaste a cantar, o que lhe influenciou?

S: Em 2012, quando gravei uma cypher com os meus colegas de turma. Mas antes disso já era muito presente as rodas de freestyle e improviso organizadas na escola (IMIL -MAKARENKO).

Eu sempre amei música, desde mais novo, esse amor foi a motivação principal alinhada pelo meu desejo de me expressar

GM: Tive contacto com a tua música apenas este ano através do teu EP ALMA. Mas já ouvia-te em algumas participações, o que quero exatamente saber é se tens outros projetos lançados antes do “ALMA”?

S: ALMA é o meu primeiro projecto a solo, mas tenho inúmeros projectos colaborativos, dentre eles, “MAC” com Sérgio Figura e Tozé Gonçalves, “Amor e Outras Drogas” com Verbiz, ambos são EPs.

GM: Uma pergunta que não se quer calar é, qual é a tua maior influencia na música? Tens algum artista que bebes muito dele?

S: Eu bebo de muitos, tenho como referências o Djavan, Cazuza, J. Cole, Kendrick Lamar, Sade, Drake, The Weeknd, André Mingas, Paulo Flores, NGA, Lauryn Hill, Chris Brown…

GM: Qual é a tua relação com os Flava Sava?

S: Irmandade acima de tudo, é a minha família, é o meu Gang.

GM: Voltando à EP Alma, como foi o processo criativo deste projeto?

S: Voltando à EP Alma, como foi o processo criativo deste projeto?

S: Foi muito espontâneo, fluiu muito naturalmente, desde as composições as melodias tudo é sobre sentimentos, então dei voz aos eles, tentei ao máximo ser honesto com os meus feelings, dei voz a eles.

Meu amigo e produtor Marley foi uma peça fundamental não só na criação do ALMA, mas na construção da minha sonoridade.

GM: Notei uma sonoridade muito R&B e Trap Soul embora tendo uma influência muito forte do hip hop. Será que vamos continuar a ver o Sidjay neste registo?

S: Eu sempre irei-me permitir a viagens sonoras e experiências novas na música, mas o Hip Hop e principalmente o R&B serão a minha base.

GM: É raro encontrar um artista de R&B em Angola, a maior parte dos artistas que as vezes fazem esse estilo, fazem também kizomba ou gueto zouk, acho que o R&B é um terreno a ser preenchido. Como tu olhas para isso?

S: É normal que os artistas façam estilos variados pq o mercado para o R&B ainda tem saída limitada. Os outros estilos são nossos, então é bem compreensível que o pessoal se identifique facilmente

Sinceramente acho que todo artista é livre pra viajar na onda que quiser desde que seja bem feito e com qualidade.

GM: Ainda sobre a EP Alma, a maior parte dos temas é sobre amor, será que há uma mulher por trás de cada música? São histórias reais?

S: São histórias reais sim. Eu falo de sentimentos presentes em qualquer relação, amor, saudade, gratidão, detalhes pequenos e grandes.

GM: Mas tem uma mulher por trás das composições? Algum relacionamento teu?

S: Meus, de pessoas que conheço, histórias que achei que deviam ser contadas do meu ponto de vista… A arte imitando a vida bro…

GM: Qual é o teu objetivo na música, até onde queres chegar?

S: Gosto de me conectar com as pessoas através do meu som e o meu maior objetivo eu que consiga me conectar com mais e mais pessoas, oferecendo minha música da forma mais honesta, assumindo-me nela como um humano igual a qualquer um que me ouve. Quero que as pessoas se identifiquem cada vez mais.

Almejo crescer como artista, partilhar palcos com meus idolos e chegar aos 4 cantos da terra, amo tanto isso que se vivesse disso eu seria o homem mais feliz.

GM: pertences a Produtora Desconhecida de Marley Do Beat?

S: A Produtora Desconhecida é o selo do Marley, o lugar aonde eu trabalho as minhas músicas, não temos um vínculo contratual. Porém eu sou produtora desconhecida do Marley

GM: O que estas a estudar?

S: Dei uma pausa por razões alheias. Mas estudo Engenharia eléctrica

GM: Notei que a tua música tem muita poesia, diferente de muitos dos artistas da nova geração, como é que é o Sidjay na escola, tens uma paixão pela disciplina língua portuguesa ou nem por isso?

S: Há muitos anos que não tenho língua Portuguesa como disciplina, mas sou um fã de poesia e prosa e mantenho sempre contacto com ambas. Costumo dizer que a poesia está em todo lado do precisamos nos permitir a senti-lá.

GM: Quais são os produtores que trabalharam contigo no EP ALMA?

S: Apenas o Marley.

GM: Quanto aos beats? Os novos artistas do Rap ou R&B optam por usar type beats da net. Os beats da EP alma têm produção de beatmakers angolanos?

S: Não. São beats internacionais, de produtores internacionais.

GM: São beats da net. Quer dizer que não tens nenhum problema com isso?

S: Os beats online já podem ser comprados, isso facilita um pouco o trabalho. Mas em próximos passos o objetivo é trabalhar com produções de raiz.

GM: Quais são os próximos projetos a caminho?

S: Não revelarei ainda. Por enquanto continuem a ouvir o ALMA, e ah já me esquecia, sairá em breve uma música de uma artista super talentosa pelo qual vocês se apaixonarão chamada “Smille”.

GM: Estamos a terminar a entrevista, mais alguma coisa que deseja partilhar connosco?

S: Não esqueçam de mencionar a minha agência, AmorexomAgenciamento
E todos os meus contatos para colaborações estão disponíveis nas minhas páginas.

Siga já o Sidjay nas Redes Sociais:

Facebook | Twitter | Instagram

windows 8.1 pro

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Recentes

PAU DE CABINDA é o tão aguardado álbum do rapper MC Cabinda.

"PAU DE CABINDA" é o álbum de estreia a solo do popular rapper angolano FRANCIS MC CABINDA aka REI...
- Advertisement -spot_img

Veja Também

- Advertisement -spot_img
×