Contactos

Luanda - Angola | Maputo - Moçambique

Entre em contacto.

“Muitos dos teus artistas favoritos, não são tão ricos quanto parecem” – Russ*

As Grande Gravadoras odeiam o rapper Russ, porque ele está a mostrar e ensinando os segredos para fazer milhões de dólares como artista independente.

Russ é um artista musical de Atlanta que descobriu como “furar” sozinho na indústria da música.

Antes era um artista lutando para sobreviver, ele agora é um dos artistas de hip hop mais bem pagos do mundo.

Tudo porque apostou em si mesmo e se manteve independente, focando na propriedade total.

Ou seja, tudo que ele ganha é 100% dele, não tendo que dividir com ninguém.

Mas surge a questão, como conseguir isso? Obviamente que é extremamente difícil, mas não impossível.

O negócio da música tem tudo a ver com “influência”.

Muitos dos artistas, principalemente os novatos assinam contratos que os deixam ganhando muito menos dinheiro do que foram levados a acreditar.

As grandes gravadoras têm sucesso contratando artistas com pouca influência em acordos que permitem que a gravadora ganhe múltiplos em seu investimento inicial se o artista explodir.

As grandes gravadoras odeiam Russ porque ele tem fornecido o plano para permanecer independente e ganhar milhões por alguns anos.

Infelizmente, muitas pessoas se incomodam com seu tom e atitude agressiva.

Russ é sincero, arrogante e adora chamar o falso negócio na indústria da música sempre que pode.

Ele irrita algumas pessoas e pode nem mesmo fazer a música que você gosta.

Mas acho que ele fez uma das entrevistas mais agradáveis ​​de se ouvir sobre a indústria da música.

Russ é um artista que merece respeito, a capacidade de alguém fazer 11 álbuns, atingir apenas 1.000 seguidores e ainda seguir uma carreira fazendo música é um nível de confiança que se pode apreciar de longe.

Imagine ter tanta convicção em sua capacidade de alcançar seus sonhos que você não desiste e tenta um caminho diferente depois de lançar 11 projetos com qualidade de álbum.

Ele lançou mais música do que alguns artistas em toda a sua carreira antes de seu TuneCore começar a pagar as contas.

Russ é a antítese (contrário) da indústria musical.

Há muito conhecido por envolver artistas em negócios péssimos, Russ criou o melhor negócio de todos os tempos na indústria musical: propriedade total.

Não há adiantamento que precise ser devolvido, não há divisão de royalties que deixe um artista a anos de ver o dinheiro do trabalho, não há nenhuma secção em um contrato detalhando como ele ficará com apenas 50% do dinheiro da turnê.

Ele mantém tudo isso. 100%. Propriedade completa.

Assim que Russ começou a “explodir”, ele assinou um contrato de distribuição com a Columbia Records.

Mas aqui está a diferença.

Nesse ponto, ele tinha uma grande base de fãs que gastava dinheiro em seu produto.

Ele tinha uma grande base de fãs ouvindo sua música.

Ele estava ganhando mais dinheiro do que poderia gastar.

Mais importante, ele tinha a “influência”.

Ele poderia desistir de um acordo se eles não aceitassem seus termos.

Acontece que eles fizeram.

Infelizmente, todos os novos artistas não estão em posição de fazer 11 álbuns antes de ganhar algum dinheiro.

A maioria dos novos artistas precisa pagar as contas e deseja seguir a música em tempo integral.

Então, eles assinam o acordo.

E alguns explodem, a maioria não.

Se você tem prestado atenção, Russ tem fornecido o plano para ser um dos artistas de maior sucesso financeiro na indústria hoje.

E ele fez do seu jeito.

Ame-o ou odeie-o, ele tem pregado a propriedade total por muitos anos.

Se novos artistas começarem a seguir o modelo de Russ, podemos ver acordos começarem a favorecer mais os artistas.

Até então, Russ vai continuar compartilhando o projeto com quem quiser ouvir e seguir.

Nada contra das Produtoras Musicais, porém, se você tem coragem e tempo suficiente para fazer tudo sozinho, por que não?

www.grandamambo.com

Texto Adaptado: “Why Major Record Labels Hate Russ” de Spencer Cornelia (YouTube)

Comentários do Facebook

Compartilhar: