Contactos

Luanda - Angola | Maputo - Moçambique

Estamos disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana. Entre em contacto:

A distribuição de música independente, downloads digitais e streaming mudaram a relação entre produtoras musicais e artistas.

Hoje, com boa música e uso de alguma rede social, você pode começar sua própria carreira musical.

Artistas independentes e próspero, como Joey Bada$$ ou Chance the Rapper, provaram que você não precisa mais de uma gravadora para ser um grande artista, mas ainda existem coisas que as gravadoras podem oferecer, que fica difícil conseguir como independente.

Hoje em dia, as gravadoras (ou produtoras) ainda são líderes dos principais elementos e serviços da indústria da música, coisas que você como independente fica muito mais difícil de chegar ao mesmo nível.

Sendo assim, enumeramos alguns itens que fazem parte do trabalho das produtoras, e que você como artista da mesma terá acesso a eles.

 1. Marketing e promoção

O marketing é uma das funções mais importantes de uma gravadora, pois a exposição pública de sua marca e artistas associados é a maneira como ela gera dinheiro.

Uma gravadora também pode fornecer exposição em uma vasta escala internacional.

Eles podem fornecer financiamento para os principais publicitários e ter conexões influentes em rádios, mídia e publicidade especializada e relações públicas.

 2. Suporte especializado

As gravadoras possuem uma administração bem estruturada e parceiros legais.

Suas equipas são responsáveis ​​por rastrear, colectar e distribuir royalties a seus artistas, produtores e proprietários de direitos autorais.

 3. Financiamento e suporte de A&R

Mesmo se você estiver se saindo bem como um artista independente, não terá o poder financeiro das grandes gravadoras.

Faz parte do trabalho da produtora musical, investir na carreira musical dos seus artistas, pagando pelos melhores produtores, compositores, engenheiros de som e estúdios do ramo.

 4. Contrato de gravação

Acordo ou contrato de gravação é um acordo judicial que vincula o artista e a gravadora.

Dependendo do “acordo”, uma gravadora geralmente paga por criar, distribuir e comercializar as gravações (Single, Álbuns, EPs, etc).

Pense nisso como um empréstimo.

A gravadora investe em sua música e desenvolvimento e, em seguida, você paga de volta um valor definido de seus ganhos.

A gravadora também concorda em pagar uma parcela fixa de dinheiro com a vendas de música, conhecida como taxa de royalties.

No entanto, antes de assinar qualquer contrato de gravação, consulte um jurista e se for possível também um contabilista, para garantir que você entenda todos os detalhes e implicações financeiras do contrato que está assinando.

 5. Licenciamento

Todo compositor tem direitos de licenciamento.

Portanto, toda vez que sua música é reproduzida ou executada publicamente, seja em streaming, no rádio ou em qualquer outro lugar, ele tem direito a uma taxa equivalente a dinheiro, conhecido como royalties.

Quando uma gravadora licencia sua música, ela basicamente compra os direitos de um álbum para você, e a fabrica, promove e distribui.

Eles pagam uma taxa fixa e actuam como seu selo para o álbum no território que eles actual ou na área em que o álbum foi licenciado.

Geralmente o Beatmaker também tem os seus direitos como compositor, porque ele criou o instrumental.

 6. Acordos de distribuição

As produtoras musicais bem estabelecidadas, têm a capacidade de distribuir música em larga escala, tanto para lojas varejistas físicos quanto para serviços/plataformas digitais.

Um acordo de fabricação e distribuição, ou um contrato de M&D é um contrato entre uma gravadora e um distribuidor de música.

Sob esse acordo, o distribuidor paga pelos custos de fabricação de um álbum, desde o processo de prensagem até a impressão das etiquetas.

O distribuidor recupera esses custos de vendas da música, além de um acordo percentagem predeterminada de lucro.

Obviamente, esse tipo de acordo está se tornando menos relevante diante da distribuição digital.

Para concluir, as gravadoras ou produtora musicais são empresas que comercializam músicas gravadas e vídeos correspondentes.

Elas se envolvem em uma ampla gama de funções na indústria da música, incluindo recrutamento e desenvolvimento de novos artistas (conhecido como A&R, publicação de músicas e aplicação de direitos autorais.

E é muito importante, não confundir “Produtora Musical” com “Estúdio de gravação”.

Partilhe com os teus. 🤓

Comentários do Facebook

Compartilhar:

GM Team

administrator

Grandamambo é um Portal que centra o seu conteúdo na Promoção, Informação e Educação Musical, Cultural e Artística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *