Quinta-feira, Outubro 6, 2022

Análise: “Morte do Artista” de Phoenix RDC

Recomendado
GM Teamhttps://grandamambo.com
Grandamambo é um Portal que centra o seu conteúdo na Promoção, Informação e Educação Musical, Cultural e Artística.

A narrativa que a música de Phoenix RDC trás é sem dúvidas das mais distintas se não a mais distinta entre os rappers que dominam as playlists dos ouvintes de rap em português actualmente.

Phoenix trás rap gangster, rap underground e quando faz sinfonia com trap esses subgêneros, o resultado é sem dúvidas “único” e divinal.

O storytellin que ocupa maioritariamente o seu estilo, é de excelência, e não é a toa que Phoenix é considerado actualmente um dos melhores contadores de estórias do rap luso.

Acho que estou a dar mais voltas que a terra durante um ano, vamos direito ao assunto.

Morte do artista é uma música deste rapper que tem o nome de uma ave da mitologia grega e de facto o seu modo de fazer música, de estar na música, não parece real, parece mítico.

Mas atenção, Phoenix é dos rappers mais reais que o hip hop tuga e angolano já viu nascer e crescer.

A música relata sobre o hip hop, sobre a descriminação que a música rap sofria e como agora as coisas estão mudadas.

A música que antes era descriminada, hoje é a mais requisitada.

O instrumental, produzido por Noizemakers, é de um ritmo suave, introspectivo e profundo como a letra da música.

Tudo isso em conjunto tiveram como resultado uma das grandes músicas Rap que ouvi esse ano, e obviamente recomendo a vocês ouvirem também.

Concidentemente, o título da música é semelhante ao último projecto lançado pelo rapper Xuxu Bower, “A Morte do Artista”, mas isso é outra estória.

Quem curtiu esse benga??

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Recentes

Entrevista com Elves Filipe

O Portal GRANDAMAMBO entrevistou Elves Filipe, um rapper angolano que feito um forte investimento para conquistar o reconhecimento que...
- Advertisement -spot_img

Veja Também

- Advertisement -spot_img
×