Entrevista com Kobs BBYB

Recomendado
GM Teamhttps://grandamambo.com
Grandamambo é um Portal que centra o seu conteúdo na Promoção, Informação e Educação Musical, Cultural e Artística.

O GRANDAMAMBO entrevistou o Kobs BBYB, um rapper angolano que tem trabalhado muito para conquistar o seu espaço no mercado, boa leitura.

1. Quem é Kobs Bbyb? Como surgiu o teu nome artístico?

Kobs BBYB é um rapper/Beatmaker/Produtor musical Angolano, natural da província do Namibe, esse nome surgiu muito antes de começar a fazer rap, foi quando fazia a 7 classe numa das mais famosas escolas do Namibe, Gabriel Kwanhama AKA Cowboy, por ser fã do Koby Bryant, na altura eu andava sempre com uma carta com a imagem do Kobe na minha mochila e isso fez com que os meus colegas automaticamente começassem a me chamar por Kob ou Kob’s e assim ficou até hoje (Sem o apóstrofe).

2. Como, quando e porquê começaste a cantar e te interessaste pela música?

O meu interesse pela música em geral deve-se ao meu pai, eu cresci a ouvir música dos mais variados estilos, o meu pai tinha sempre vários CDs em casa e aos finais de semana era quase regra ouvir música e isso teve uma grande influência em mim, dentre os vários CDs não faltava alguns dos SSP, mas o meu interesse por rap começou a ganhar força por causa de um programa de rádio que passava aos sábados na rádio Namibe e o explosão musical, naquela altura era difícil conseguir músicas (Novidades) e o meu fornecedor era o meu tio Frank que na altura estudava na província da Huíla e periodicamente me enviava vários CDs com novidades de rap americano e isso foi aumentando o meu interesse.

Eu comecei a cantar depois de me tornar produtor, em 2008 foi quando comecei a escrever os meus primeiros versos mas só gravei pela primeira vez de forma séria em 2010 na primeira música oficial do meu grupo Block Business, então 2010 marca a minha entrada oficial no game como Rapper.

3. Podes citar algumas das tuas principais músicas e participações de referência?

Principais músicas:

Em grupo:

Nunca vi-Block Business, Fala agora ou cala para sempre-Block Business, Nigga não brinca-Block Business, BNB-Block Business, Acredita em ti-Block Business.

A Solo:

Preto e Branco feat Erick Dorinel
N.B.R.A(Namibe Best Rapper Alive) Freestyle
Fans revoltados
Dj Soneca-Orar em Línguas remix

Participações:

Cypher No Trap feat Kobs Bbyb, Michel Ricardo, Erick Dorinel, Elman

Mixtape Alta Atenção vol 4 – São sempre esses wis

Cypher Canal 89 feat Kobs Bbyb, Erick Dorinel, Gil MC, Minelmo e Nilton Ross

South Kingz feat Always, Trindade Mc, Nasty Mc, Pesquisa Bigself e Kobs Bbyb

Erick Dorinel-All live’s matter feat Kobs Bbyb

Etc… são muitas.

4. Tens algum projecto já lançado ou a caminho? Fale-nos do processo criativo, composição e gravação?

Com o meu grupo temos 1 álbum e duas Mixtapes (Businesstape), tenho 4 EPs colaborativos, Mãos nas Bolas vol 1 e 2 com o Hermético AKA Cooller o Polvo, EP casamento do Pablo com o Trindade AKA Young T3 e o EP Atividade Vol 1 ( O mais recente ) com o Say B Único Bravo.

Estou habituado a dirigir projetos, uma vez que em grupo o processo criativo normalmente e da minha responsabilidade, por tanto tenho essa facilidade de criar e encaixar as coisas, só para realçar de todos esses projetos que citei em termos de beats 100% da produção foi da minha responsabilidade, e fiz também a gravação de boa parte deles, por isso o meu processo criativo começa antes das letras, escrever para mim é a parte mais fácil, porque uma vez que tenho o Beat e o refrão tenho a ideia da música e assim sei exatamente oque escrever, se bem que as vezes as letras fluem no estúdio ouvindo beats outras vezes é mesmo em casa ou em qualquer outro sítio onde surgir uma ideia, uma linha dope etc…

5. Os produtores musicais são extremamente importantes para se obter uma trabalho com qualidade, quais são os Produtores nacionais e internacionais que mais admiras?

As pessoas as vezes tendem a confundir beatmakers ou quem faz captação com produtor musical(mas não vou entrar nesse assunto) de forma geral em Angola admiro o Sandocan (Army Squad), Heavy C, Djitafinha, Laton, Smash, Samuel Beatz, Elzo Sênior, Kupe Master.

Internacionais, são Just Blaze, Kanye West, JDilla, Justice League, No ID, Swizz Beats, Hit Boy, Herry Freud, Scott Storch, C-Sick, Mario, Murdabeats, Hitmaker, Max Martin, Timbaland, Pharrel Williams, Rick Rubin, Mike Dean etc…

6. O que que achas que está a faltar dentro do mercado musical em Angola?

Como mercado esta a faltar organização e descentralização, os artistas em Angola parece que estão a deriva e cada um a sua sorte, precisamos criar uma estrutura forte para conseguirmos nos estabelecer como indústria, enquanto não se pensar em descentralização vai parecer que se consome sempre as mesmas coisas e isso não cria muito interesse as grandes Labels precisam fazer mais o trabalho de scouting porque há muita talento por Angola, o nosso país ainda não permite que os artistas sejam independentes por causa de muitos factores, por isso as grandes produtoras devem olhar por Angola toda e agarrar e investir nos grandes talentos que temos por ai a fim de termos um leque de artistas variado e assim poderemos ter mercados em várias províncias do país.

 

7. Qual é o teu auge a atingir como artista musical?

O meu Auge seria me estabelecer e criar uma base forte o suficiente que me possibilita abrir portas e criar oportunidades para outros artistas da minha província e não só e que tudo que eu fizer como artista mas do que dinheiro possa impactar vidas.

8. Acompanham o Hip-Hop / R&B feito noutros países da CPLP? Caso sim. Que artistas é que vocês levam como referência / inspiração?

Penso que antigamente já acompanhei mais, mas ainda assim tenho algumas referências recentes como antigas tais como: Sam The Kid, Boss AC, Regula, Plutônio, Dengaz, Bispo, Hernani da Silva, 2Caras, Lonr Johny, Agir,G2, Dk 47, L7Non, BK, Chris, Projota, Lucas Carlos, etc…

9. Há um velho ditado que diz que “devemos aprender com os erros dos outros” Quais foram os principais erros que foram cometidos no princípio?

“Não ligar para a parte financeira da carreira, isso por si só é um grande erro, música precisa de investimento e o artista precisa ganhar com o seu trabalho.”

10. Fazes parte de uma Label? Caso sim, fale um pouco sobre ela caso não, gostarias de fazer parte de uma?

Já fiz parte, mas atualmente estou a tocar a BBYB ENTRETENIMENTO, com a qual pretendo implementar tudo oque aprendi durante esse tempo que estou no game e tudo que venho estudado e observado nas maiores indústrias mundiais, quero fazer a diferença com essa label.

11. Estudas? Trabalhas? Como é que consegues conciliar a carreira musical com as demais actividades?

Atualmente não estudo de forma convencional (Sou Licenciado) mas continuo a estudar, sou autodidata e gosto de aprender por isso estou sempre a ler e a investigar sobre assuntos que me interessam.

Tenho um trabalho fora da música e felizmente consigo conciliar bem seja para produzir ou gravar e escrever, como isso já faz parte da rotina por muito tempo é fácil me ajeitar e também atualmente as novas tecnologias vieram facilitar muita coisa, quase todo trabalho de idealização faço no telefone, mesmo até melodias para beats gravo no telefone.

12. Quem é o Kobs Bbyb quando não está a fazer música?

Se Não estou a fazer música estou a ouvir, tenho uma rotina normal, as vezes com os amigos, ou simplesmente em casa a ver documentários filmes ou séries e aos finais de semana futebol, Premier League principalmente, de vez enquanto estou em algumas festas ou outras atividades, e claro que ainda tem espaço para outras coisas que vocês estão a pensar.

13. O que que podemos esperar do Kobs Bbyb nos próximos meses?

Bem nos próximos meses podem esperar muito trabalho que com certeza será coroado com o meu primeiro trabalho a solo.

Conheça mais sobre Kobs Bbyb seguindo as suas redes sociais.

FACEBOOK: https://www.facebook.com/KobsTheGoatBbYb

Instagram:@young_kobs_Bbyb

Twitter: @Kobs_BBYB

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Recentes

O rapper Deezy acaba de lançar a sua nova mixtape intitulada “Deezygual 3 – O Gaúcho” Hosted By Mizzy Miles.

O projecto de 9 faixas musicais conta com as presenças de Altifridi, Puto Mira, Principe Ouro Negro, Vado Más...
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Veja Também

- Advertisement -spot_img
×