GrandaMambo Music
Worse LuthereX

Entrevista com Worse LuthereX

O Blog Grandamambo entrevistou recentemente o Beatmaker, Produtor e Cantor angolano “Worse LuthereX”, confira as respostas. 

GM: Para quem não conhece o Worse LuthereX podes mencionar algumas das tuas produções de referência?

WL: De momento eu me encontro como um produtor oficial da UltraPower, que é o grupo a que pertenço, mas por um outro lado tenho alguns outros artistas que têm o privilégio de isufrir inéditamente das minhas produções, brevemente poderão saber, mas por enquanto deixo essa questão à beira de curiosidade.

GM: Como e porquê te tornaste BeatMaker, produtor e cantor?

WL: Na altura eu havia começado a cantar em 2011/2012, foi uma decisão instantânea que tomou-se, eramos 5 na qual o Leoh Kall$ também fazia parte. Tudo começou com freestyles após as aulas até que decidiu-se criar um grupo e foi exatamente o mesmo ano em que eu comecei a produzir no sentido geral.

GM: Quais são as tuas fontes de inspiração e o que que não pode faltar quando é o Worse LuthereX on the track?

WL: Concretamente eu tenho a minha equipa inspirando-me a fazer o movimento, mas eu gosto muito de ouvir o Dji Tafinha, Plutónio, Drake, J. Cole, Daniel Caesar e poucos mais, quanto ao que não pode faltar quando for Worse LuthereX on the track é simplesmente o meu tag “Worse”.

GM: Como é ser produtor, beatmaker, compositor e cantor?

WL: É de extrema vantagem ser beatmaker, produtor e cantor ao mesmo tempo, isso tem me ajudado a pintar o meu quadro musical dando às minhas músicas as personalizações que eu achar que devem ser perfeitas.

GM: Fale-nos sobre o processo de escrita, construção e produção do álbum colaborativo com o Hamilton Benjamim, intitulado Delta-me?

WL: O processo do Álbum “Delta-me”, que tem como um outro significado “varia-me”, para mim foi realmente extenso, mais do que teria que ter sido, cada um de nós escreveu os seus próprios versos, mas foi muito trabalho pra mim ter que escrever, produzir o instrumental, misturar e masterizar o instrumental, depois ter que cantar, e depois ter que misturar e masterizar a música completa, todo esse processo em 17 faixas, sem contar com as faixas que não foram seleccionadas para dentro do pacote. Isso cobrou de mim perdas e noites, mas não passa de um vício, no final o resultado foi agradável adorei muito ter trabalhado com o Hamilton Benjamim ele é incrível no que faz, RESPECT!

GM: Fazendo uma análise breve como é que achas que o hip hop em Angola se encontra?

WL: Não sei muito o que dizer quanto a isso, mas se vibra com o nosso povo, de facto é algo que está bom, embora existam muitos os que têm a capacidade de fazer isso ser visto de forma ironizada, mas tipos assim não devem faltar, só para equilibrar o Game.

GM: O que que achas que está a faltar dentro do movimento hip hop?

WL: O que sinto que está em falta no movimento hip hop é a essência lírica padrão, dá para sentir que temos artistas que não primam o bastante nas líricas, talvez seja o desespero de fazer a música, eu acho que o game vais estar melhor ainda quando isso for levado em consideração.

GM: Qual é a tua opinião quanto aos cantores conceituados da nossa praça que ainda optam por cantar em beats da net?

WL: Eu só acho que eles não têm a capacidade de sustentar o lado profissional, talvez seja ambição, ou talvez não, porque a maior parte dos nossos rappers dizem ser caros né?, isso eu não sei. Acredito que os beats da net são aliciantes, mas posso dizer que cá na banda temos ótimos produtores sejam eles conceituados ou não, o número de pessoas que conheçem o teu trabalho não define o quanto és bom ou não naquilo que fazes.

GM: Como é o Worse LuthereX quando não está a produzir?

WL: hmmm…. Talvez essa pessoa não exista ou é alguém tirando uma soneca básica, porque eu não tenho um único dia em que pelomenos fico sem abrir a DAW. Fora isso um cidadão como qualquer um e também estudante.

GM: O que que podemos esperar do Worse LuthereX este ano de 2020?

WL: Dentro de tão pouco tempo irei lançar um pacote intitulado “Hipertensão” contando com as minhas produções, após esse pacote vem aí um EP, dizer também que estou trabalhando na produção geral de um projecto de Hamilton Benjamim e na produção de algumas faixas no projecto em que o Leoh Kall$ está preparando. obrigado pela entrevista!

Saiba mais sobre o trabalho de Worse LuthereX:

Comentários

Adicionar comentário



Já vais embora?

Siga-nos no Facebook e receba as novidades em primeira mão!!
close-link